Jovens aprendizes rurais compartilham experiências em Santa Cruz do Sul

Santa Cruz do Sul/RS – Valorizar a juventude e o campo. Promover alternativas. Oferecer caminhos. São muitos os objetivos do Programa de Aprendizagem Profissional Rural, do Instituto Crescer Legal, que reuniu nessa quarta-feira os jovens aprendizes das cinco turmas do curso Empreendedorismo em Agricultura Polivalente – Gestão Rural para compartilhar as experiências. Autoridades, parceiros do Instituto e imprensa acompanharam o evento no auditório do Memorial da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc).

O diretor presidente do Instituto, Iro Schünke, passou uma mensagem de perseverança aos jovens. “Este é um importante momento para o Instituto Crescer Legal, pois temos aqui reunidos os frutos de um trabalho que vem sendo desenvolvido de forma pioneira no meio rural. Quando temos objetivo traçado, além da participação, do trabalho e do envolvimento, é preciso acreditar”, disse Schünke.

O Superintendente Regional do Trabalho, Joaquim Cardinal, destacou a importância do setor primário para o País e da capacitação por meio da aprendizagem. “Estamos passando por uma crise econômica e política, de recessão. A atividade primária é que está mantendo a economia e a renda. Vocês, jovens, são o futuro do País. A Superintendência e o Ministério do Trabalho vão apoiar toda iniciativa que tem como objetivo evitar o êxodo rural e ampliar a capacitação”, disse.

Cardinal destacou também que a aprendizagem é composta por um tripé: o jovem, a empresa e a entidade formadora. “Esse tripé está muito bem articulado e o Instituto Crescer Legal está de parabéns pelo trabalho que tem feito com o intuito de capacitar as futuras gerações e, vocês, jovens, estão de parabéns por aceitar essa oportunidade e ter a perspectiva de permanecer junto às suas raízes, com condições de empregabilidade e gerenciamento, utilizando o conhecimento adquirido no curso”, afirmou.

A programação seguiu com a palestra do professor Nestor Raschen, sócio fundador e presidente do conselho consultivo do Instituto. O educador falou sobre o tema “O jovem, a vida e o seu papel na sociedade” e criou momentos de interação entre os jovens. “Além de ser um programa inédito, esta é uma grande oportunidade para os jovens assumirem um papel de protagonismo e ter uma preparação para a liderança que eles podem exercer, com a melhor compreensão dos recursos disponíveis no meio rural”, avalia Raschen, que há 38 anos atua na educação.

Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *