Acesso de fumicultores ao Pronaf volta a ser discutido

Santa Cruz do Sul/RS – Dentro de cerca de vinte dias, as equipes do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio da secretaria da Agricultura Familiar e Cooperativismo, e do Ministério da Economia devem encaminhar uma proposta ao ministro Paulo Guedes sobre o retorno dos fumicultores ao Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

Após o pedido dos grupos e do deputado federal Alceu Moreira (MDB), que é presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária da Câmara, o texto será elaborado nos próximos dias e encaminhado à votação no Conselho Monetário Nacional. “Nós já estamos trabalhando nisso há tempo, visto que o bloqueio é fruto de uma restrição de 2012, de acordo com a Convenção-Quadro”, afirmaou o secretário Fernando Schwanke.

De acordo com ele, a liberação é importante, pois vai permitir que os produtores de tabaco possam voltar a fazer investimentos com juros menores. “Hoje eles têm acesso ao Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp), só que ele é mais caro, com taxas em torno de 6% e 7%. No Pronaf, elas ficam em cerca de 4%”, explicou.

Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *