Caminhos do Tabaco: Boqueirão do Leão

Boqueirão do Leão/RS – As principais regiões produtoras de tabaco são destaque a cada edição da SindiTabaco News. A seguir, conheça um pouco mais sobre o município de Boqueirão do Leão, distante 185 quilômetros de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul.

Em Boqueirão do Leão, a cultura do tabaco está presente em mais de 90% das propriedades rurais. Com relevo íngreme, o uso de maquinários fica restrito, mas prevalecem a diversificação e boa qualidade de vida. O tabaco é uma das diversas culturas e a maioria dos produtores rurais têm no produto sua principal fonte de renda.

Conforme o prefeito Paulo Joel Ferreira, a agricultura é o motor da economia e o tabaco desponta na arrecadação do município. “Temos 1.320 propriedades rurais cadastradas sendo que, destas, 1.234 são produtoras de tabaco o que dá o percentual de 93,5%”, conta o chefe do executivo.

No ranking brasileiro dos municípios produtores de tabaco, Boqueirão do Leão está em 25º lugar, com 7.117 toneladas produzidas na safra 2016/2017. Também se destacam as produções de feijão, milho e madeira. Além da agricultura, outros setores importantes são o industrial – com serrarias e metalúrgica – e o comércio.

  • Região de relevo abrupto do RS, com mais de 500 metros de altitude, foi habitada por volta de 1800 por açorianos. Mais de um século depois chegaram os imigrantes italianos. A emancipação se deu em 1987.
  • Prefeito: Paulo Joel Ferreira

BOQUEIRÃO DO LEÃO EM NÚMEROS

Fonte: Prefeitura e IBGE

  • População (estimada 2017): 7.914 pessoas
  • Área territorial: 265,52 km²
  • PIB (2014): R$ 109.813 mil
  • PIB per capita (2014): R$ 13.881,08
  • Produção de tabaco (2016/2017): 7.117 toneladas
  • Área média das propriedades rurais: 14,9 hectares
  • Produtores de Tabaco: 1.234
Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *