Tabaco retoma ações e dá exemplo no apoio às crianças

Santa Cruz do Sul/RS – No mês em que o Brasil registra o 25º aniversário do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o setor de tabaco no País inicia mais um ciclo de orientações, onde a questão do trabalho infantil é uma das principais pautas e, por isso mesmo, registra nesta atividade a maior redução de índices, de acordo com o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2010. Ações voltadas a cumprir a legislação neste sentido já são desenvolvidas pelas entidades do segmento há mais de 15 anos e mostram resultados.

O ECA, instituído pela lei 8.069, de 13 de julho de 1990, regulamenta direitos dos menores de 18 anos, entre os quais a proibição do trabalho nesta faixa de idade. A produção de tabaco é pioneira no combate a este problema e um case de sucesso neste tema na agricultura familiar, sendo o único a exigir o comprovante de matrícula dos filhos dos agricultores em idade escolar e o atestado de frequência para a renovação do contrato comercial entre empresas e produtores, no seu Sistema Integrado de Produção, informa o Sindicato Interestadual da Indústria (SindiTabaco).

O assunto está presente com destaque no chamado Ciclo de Conscientização, realizado pelas empresas associadas ao SindiTabaco e Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra). “Atuamos no sentido de erradicar o trabalho infantil neste importante segmento do agronegócio e já mensuramos bons resultados”, salienta Iro Schunke, presidente do sindicato. Além disso, observa, “conscientizamos os produtores sobre vários aspectos, incluindo o uso adequado dos equipamentos de proteção individual e vestimenta de colheita, bem como a correta aplicação, manuseio e armazenagem de agrotóxicos”.

O ciclo entra em 2015 na sua sétima edição. Estão programados sete seminários de conscientização sobre saúde e segurança do produtor e proteção da criança e do adolescente, percorrendo municípios do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Os primeiros eventos acontecerão ainda no mês de julho e os demais em setembro. As últimas seis edições da iniciativa na área do tabaco reuniram mais de 15 mil pessoas, em 38 municípios da Região Sul do País.

Quadro

Com informações da Assessoria de Comunicação do SindiTabaco
Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *