Tabaco está entre os dez principais produtos do agro nacional

Santa Cruz do Sul/RS – Que o tabaco gera valores expressivos na agricultura brasileira é reiterado sempre nos Anuários Brasileiros do Tabaco e conhecido nas regiões produtoras. Na publicação de 2014, da Editora Gazeta, com os números da safra 2013/14, a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) estimava em R$ 5,4 bilhões a renda propiciada pela produção, com 751 mil toneladas. E o mais impressionante são os tributos obtidos pelo poder público com o setor, que, segundo a mesma fonte, somaram R$ 10,7 bilhões no período considerado, quase o dobro ganho na produção.

Mas quais são os números apresentados por outros setores sobre esta cultura reconhecidamente importante para a economia brasileira, onde o País é o segundo maior produtor mundial e o maior exportador? Os últimos dados levantados pela Superintendência Técnica da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA) indicam que o Valor Bruto da Produção (VBP) do fumo no Brasil chega a R$ 7,5 bilhões.

O número, calculado em março de 2015, se refere a preços reais pelo IGP-DI/FGV, média de janeiro a dezembro de 2014, e a uma produção estimada em 877 mil toneladas, com base no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Pelas informações disponibilizadas, verifica-se que o tabaco está na 10ª posição entre os principais produtos agrícolas brasileiros, uma marca interessante num País de grande expressão na agricultura mundial.

Benno Bernardo Kist
benno@editoragazeta.com.br
Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *