Quem é o agricultor que virou celebridade com vídeo na internet

Texto: Carmem Ziebell, Gazeta do Sul. Assista aos vídeos no Portal Gaz (aqui). 

Santa Cruz do Sul/RS – Um vídeo postado na página Fumicultores do Brasil, no Facebook, na última quinta-feira, pelo produtor santa-cruzense Giovane Weber, de 40 anos, viralizou e o transformou em celebridade na internet. Na gravação de três minutos e 50 segundos, ele mostrou o que precisa vender para adquirir 57 litros de diesel para encher o tanque do trator para dez horas de trabalho com o veículo: 181 litros de leite ou 41 dúzias de ovos ou sete sacas de 50 quilos de milho. A postagem foi feita no fim da tarde de quinta-feira e à noite já tinha 25 mil compartilhamentos. Na manhã de sexta-feira, já eram 50 mil. A partir daí começou ser procurado para entrevistas e passou a receber muitos telefonemas e mensagens de vários estados.

Nas mensagens, o agricultor foi parabenizado pela iniciativa. Os remetentes diziam que a ação dele era necessária para mostrar a realidade da agricultura no País, “onde o custo de produção é alto e o preço recebido pelo agricultor não acompanha, é defasado”. O vídeo teve, até a tarde de ontem, 49 mil curtidas na página, 3,5 mil comentários, 140 mil compartilhamentos e 2,9 milhões de visualizações, segundo Weber. O agricultor; a filha Giovana, de 11 anos, e a esposa Louvane, de 41, moram em Cerro Alegre Alto, na propriedade de 11,5 hectares dos pais dele – Aloísio e Rosa –, com os quais divide as atividades. Ele planta tabaco e os pais cuidam da produção de leite,  da criação de galinhas e do cultivo de milho.

Weber conta que há seis meses publica vídeos na internet, mostrando como se trabalha. Mas este foi “meio no improviso”. Estava na lavoura, pensando nos custos de produção. Fez as contas com a calculadora e o resto foi espontâneo. Dias antes havia comprado 57 litros de diesel a R$ 3,18 o litro, o que o fez pensar quanto de seus produtos precisava vender para encher o tanque do trator. Depois, enviou a gravação para Anderson Rebinski, de Ivaí (Paraná), criador da página Fumicultores do Brasil (associou-se a ela no ano passado). E decidiram publicar. Com a repercussão que teve, já abriram um canal no YouTube e vão começar a colocar outros vídeos.

A ideia de fazer a gravação surgiu em razão da página no Facebook, pois ele percebeu que tem um canal aberto para mostrar o que está acontecendo no dia a dia da agricultura. “Eu esperava chamar atenção com o vídeo, mas não na proporção que foi. Chamou a atenção do Brasil inteiro”, observou. A página é direcionada à fumicultura, “mas o fumicultor é também agricultor e produz outras mercadorias”. O resultado positivo da categoria contra a Reforma da Previdência, que só em Santa Cruz reuniu dez mil pessoas, também o estimulou. “Conseguimos a garantia de que a idade dos agricultores para aposentadoria não será aumentada. Se nos uníssemos novamente, de forma organizada, poderíamos mudar a política do governo para a agricultura e diminuir a carga tributária.”

O produtor  lembra que em 2016, nesta mesma época, o litro do diesel  custava cerca de R$ 3,00. Hoje o valor está em R$ 3,18. O aumento não é muito, segundo Weber – mas considerando a queda no preço do leite, é. “No ano passado recebíamos em torno de R$ 1,40 pelo litro do leite. Atualmente são R$ 0,85”, salienta. Conforme ele, a esperança de que amanhã a situação da agricultura vai melhorar, de que o governo vai ter políticas melhores para o setor, é o que o impede de desistir da atividade.

Mais motivação e responsabilidade

O agricultor Giovane Weber frisa que não tem muito estudo. Frequentou a escola até a 5ª série e depois fez o supletivo do ensino fundamental. No entanto, está sempre conectado à internet acompanhando o que acontece no País. E entende que se as pessoas em geral se interessassem mais, poderiam mudar o Brasil. Ele diz que, com o vídeo, viu que conseguiu chamar muita atenção e isso aumenta a responsabilidade com as próximas publicações. A repercussão, pelo menos no momento, não modificará sua vida. Weber afirma que permanecerá no campo, porém mais motivado a mostrar a realidade que vive na agricultura. O produtor informa que já tem outro pronto e que em breve será divulgado.

Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *