PREJUÍZO NA LAVOURA DE TABACO JÁ CHEGA A R$ 92 MILHÕES

Santa Cruz do Sul/RS – Os temporais de granizo que atingiram os três Estados do Sul do Brasil nas últimas semanas, em especial o Centro do Rio Grande do Sul, atingiram milhares de lavouras de tabaco. Os prejuízos já chegam a R$ 92 milhões, segundo a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra). É o maior já registrado pela entidade até esta época da safra, quando a colheita está apenas começando no Vale do Rio Pardo – a maior região produtora.

Técnicos da entidade realizam o levantamento nas propriedades para averiguar a quantidade de estragos em cada uma delas. O vice-presidente Marco Dornelles diz que o tamanho do prejuízo é surpreendente e ainda pode aumentar. “O valor de R$ 92 milhões é uma previsão com base nos dados levantados pelos nossos avaliadores apenas em relação ao granizo”, explicou Dornelles em entrevista à Rádio Gazeta.

Para chamar a atenção dos governos estadual e federal, a Afubra irá disponibilizar para lideranças municipais os resultados da avaliação. “Esperamos que as autoridades se sensibilizem com a situação. Esse prejuízo não é só dos produtores, ele afeta também toda a comunidade”, acrescentou. Além dos valores em dinheiro, outros dados preliminares da pesquisa a campo dão conta que, até o momento, foram perdidos cerca de 5,2 mil hectares de tabaco. A área plantada no Sul do Brasil é de aproximadamente 278,9 mil hectares. Apenas no município de Rio Pardo, por exemplo, 12% do tabaco plantado foi perdido.

Rádio Gazeta
Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *