Por Dentro da Safra: e o tão esperado frio chegou

Por: Giovane Luiz Weber, produtor de tabaco

Opa! E aí pessoal, tudo bem? Se fora de casa está frio, dentro o fogão a lenha não para mais. O frio tão esperado veio. Na semana passada ele já mostrou do que é capaz, com o congelamento da água sobre o plástico nos canteiros aqui na propriedade (foto). Mas as mudas estavam bem protegidas e não houve danos. E a previsão é de muito frio para os próximos dias. Isso é bom para a agricultura, pois queima muito inço e mata insetos nas lavouras, que logo mais vão receber as mudas de tabaco e outras culturas em preparação para o plantio nos próximos dias ou semanas. Mesmo com este frio, é bom deixar as mudas um pouco arejadas e preparar-se para as temperaturas baixas e a geada que virão e proteger os canteiros à noite.

Risco para quem planta cedo
Aqui na propriedade, como na maioria da região, ainda não houve o plantio nas lavouras, pois ainda é cedo. E esse frio que está vindo, já estávamos esperando; ele é fundamental para as lavouras e as árvores frutíferas. Mas para quem já plantou o tabaco, o frio preocupa um pouco se realmente vier tão forte conforme previsto e pode haver estragos. No mínimo, as plantas não se desenvolverão, com queima das folhas. É um risco que o colono corre quando planta mais cedo para fugir depois do calor em dezembro e janeiro.

Proteção dos canteiros contra o frio
A foto abaixo mostra mudas atingidas pela geada na semana passada em Canguçu, no Sul do Estado. Para que isso não aconteça no canteiro é necessário colocar, de preferência, mais um pano por cima das estruturas com as mudas. Pode ser uma lona preta ou outro material que cubra bem o local para evitar o congelamento da água. Se a muda queima com o gelo nas folhas, ela preteia, mas não morre – apesar de haver casos de perda quando congela demais –, porém vai adoecer e criar fungos. Por isso, a proteção.

Pequenas reformas
Como o serviço na lavoura está encaminhado e está frio, estamos aproveitando a época para realizar algumas reformas no galpão, com a retirada de telhas para colocar novas e outras melhorias. Isso ocorre na maioria das propriedades. Sempre há um serviço para fazer no galpão ou uma faxina, ou uma reforma. Ou então alguns aproveitam para fazer uma construção nova.

Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *