Manifestação vai reunir fumicultores em Venâncio Aires

Santa Cruz do Sul/RS – A situação da cadeia produtiva do tabaco na safra 2014/15 será debatida nesta sexta-feira, em Venâncio Aires, durante mobilização dos fumicultores. Organizada pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do Sul (Fetag), Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) e Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul), o encontro deve reunir cerca de 2 mil agricultores, a partir das 8 horas, na Praça da Matriz.

Para o presidente da Afubra, Benício Albano Werner, a atual situação dos fumicultores é muito preocupante, pois o valor recebido durante a comercialização do tabaco está muito baixo. “Sempre trabalhamos sobre um preço médio que, nesta safra, para a variedade Virgínia, é de R$ 7,88 por quilo. Hoje, o que recebemos é R$ 7,34. A remuneração para o produtor está muito aquém. Isso que, na variedade Virgínia, já foi comercializada 35%, no Burley, 38%, e no Galpão Comum, 60%”, explica Werner.

Sobre a concentração de fumicultores em Venâncio Aires, Werner diz que a intenção é “solicitar uma revisão na comercialização desta safra. Não podemos ficar nestes patamares de valores”, enfatiza. O presidente da Afubra ainda conclama a comunidade e os poderes executivo e legislativo para participar e apoiar o manifesto, pois “se o produtor receber preço baixo afetará a todos, diminuindo a arrecadação dos municípios, com a redução do ICMS, comércio terá diminuição de vendas e acarretará na queda da circulação do dinheiro”.

Assessoria de comunicação da Afubra
Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *