Levantamento aponta para safra de tabaco com melhor qualidade

Santa Cruz do Sul/RS – À medida em que avança nas principais regiões produtoras do Sul do Brasil, a colheita de tabaco aponta para uma safra de melhor qualidade na comparação com a anterior. A constatação anima os fumicultores, que esperam uma remuneração média também acima da safra passada.

A análise é da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra). Segundo o presidente Benício Albano Werner, em geral as condições climáticas estão favoráveis à cultura. “Em algumas regiões, como o Litoral de Santa Catarina, estamos com 95% das lavouras colhidas e as condições do produto são bem melhores do que no ano passado”, adianta.

Conforme o presidente, a comercialização da safra deve começar para todas as indústrias em meados de janeiro. “Mas o ritmo de entrega tradicionalmente ganha força somente a partir de fevereiro”, explica o dirigente, dizendo que até lá os fumicultores estão envolvidos na cura do produto ou então no plantio da safrinha de milho e feijão.

Nesta safra, somente a Souza Cruz abriu ainda em dezembro o período de compra. Conforme a Afubra, as demais empresas vão iniciar as atividades somente em janeiro porque o volume de entrega é muito baixo se comparado à imensa estrutura que precisa ser movimentada para receber as primeiras arrobas.

A Souza Cruz foi também a única empresa que firmou acordo do preço do tabaco com a representação dos produtores. Após a negociação, que terminou sem sucesso para as demais empresas, entidades e Souza Cruz acertaram reajuste de 6,4% sobre a tabela da safra 2013/14.

Produto tem melhor qualidade que na safra passada, diz Afubra (foto: Inor Assmann)

Produto tem melhor qualidade que na safra passada, diz Afubra (foto: Inor Assmann)

Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *