Jovens aprendizes visitam Legislativo de Vale do Sol

Vale do Sol/RS – A turma de jovens aprendizes de Vale do Sol do Programa de Aprendizagem Profissional Rural do Instituto Crescer Legal visitou a Câmara de Vereadores do município na última quarta-feira, dia 7 de junho, possibilitando uma vivência e maior reconhecimento do poder legislativo municipal e do sistema eleitoral. Na ocasião, foram recebidos pela assessora legislativa Simoni Flesch, que apresentou a estrutura física da Câmara e as funções delegadas ao poder executivo, desde o trabalho que é realizado pelos vereadores e pelas comissões, ao passo a passo da criação e implementação de um projeto de lei no município. Simoni também explicou que o espaço da tribuna popular é aberta à população para debate de assuntos de interesses da comunidade.

Cada jovem recebeu uma cópia da síntese do plano plurianual do município de Vale do Sol e foram informados da importância da comunidade auxiliar na análise das ações de governo para aplicação em áreas necessárias e gasto consciente dos recursos municipais. Também foram convidados a utilizar a tribuna para falar do Programa de Aprendizagem Profissional Rural do Instituto Crescer Legal desenvolvido no município.

Segundo o educador Adriano Emmel, a visita foi muito importante, uma vez que a turma está trabalhando o Eixo III do curso, sobre mapeamento de parcerias e alianças estratégicas. “A partir da visita realizada, debatemos como é o sistema eleitoral brasileiro, como se cria um partido político, quem pode votar, como se criam coligações, como se realizam as campanhas e planos de governo”, diz.

Em sala, os jovens realizaram uma atividade em que em grupos criaram partidos políticos fictícios, com sigla, logomarca e slogan. “Cada partido escolheu representantes para prefeito e vice, bem como vereadores, criaram uma plano de governo, de divulgação e discurso para campanha. Cada partido fictício realizou uma apresentação com as propostas de governo, simulando uma campanha eleitoral”, explica Emmel.

SAIBA MAIS – O Instituto Crescer Legal foi fundado em 23 de abril de 2015. Já em 2016, implementou o Programa de Aprendizagem Profissional Rural. Atualmente, cinco turmas estão em andamento em Candelária, Vera Cruz, Venâncio Aires, Vale do Sol e Santa Cruz do Sul. O projeto-piloto do Programa de Aprendizagem Profissional Rural é pioneiro e segue os preceitos da Lei da Aprendizagem, oferecendo aos jovens salário proporcional a 20 horas semanais, além de certificação e demais direitos (Lei 10.097/2000 e Dec. 5598/2005).

Os jovens são contratados pelas empresas associadas ao Instituto, mas as atividades são todas realizadas na escola parceira, durante o contraturno, em suas propriedades, comunidades e em saídas de estudo. O curso tem duração média de 11 meses, com 4 horas diárias de segunda a sexta-feira, totalizando 920 horas. A proposta da formação está voltada para o desenvolvimento de um empreendedor em agricultura polivalente, que planeja e administra unidade de produção. O público-alvo para o projeto-piloto é de adolescentes de 14 a 18 anos, cursando o Ensino Regular e oriundos de famílias de pequenos produtores rurais, em especial produtores de tabaco.

Adicione um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *