Inspeção do tabaco é a prioridade de novo órgão

Texto: Carmem Ziebell, Jornal Gazeta do Sul

Santa Cruz do Sul/RS – A Unidade Técnica Regional de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Utra), destinada a Santa Cruz do Sul para substituir a Unidade de Vigilância Agropecuária (Uvagro) que havia  no município, já  está em funcionamento no mesmo prédio do órgão extinto (Avenida João Pessoa, 825). Apenas suas atribuições não estão totalmente definidas, pois a área de abrangência ainda precisa ser acertada. Porém, a inspeção do tabaco pronto para para exportação e emissão dos certificados fitossanitários exigidos para o envio do produto para fora do país está confirmada como atividade prioritária do órgão. 

Com a extinção, em 29 de março deste ano, da Unidade de Vigilância Agropecuária que funcionava em Santa Cruz do Sul,  a emissão desse documento chegou a ser interrompida nos dias 30 de março e 2 de abril.  Isso porque a Utra ainda não estava criada. Mas  no meio da tarde do dia 2 de abril  o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) autorizou a equipe do local  a concluir os processos iniciados antes da extinção da Uvagro, ainda no nome desta unidade, e  a dar andamento aos novos pedidos de certificado fitossanitário utilizando o nome da Uvagro do aeroporto de Porto Alegre. 

A Utra foi criada em 12 de abril, mas como o sistema interno de informações gerenciais do trânsito internacional  de produtos e insumos agropecuários do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro) até agora não foi adaptado a ela, a emissão do documento permanece ocorrendo na unidade de Santa Cruz só que vinculada à Uvagro do aeroporto da Capital. “Já pedimos essa adaptação à coordenação do Vigiagro”, diz o auditor fiscal da Utra local, Carlos Eduardo Pereira Wollmann. O Vigiagro é o responsável por toda a importação e exportação de produtos agrícolas do  Brasil.

De acordo com Wollmann, as Utras são regionais e  está em discussão a região pela qual a instalada em  Santa Cruz do  Sul ficará responsável. A área de abrangência determinará a inclusão de determinados serviços.  Até o momento, além da inspeção do tabaco pronto para exportação e emissão do certificado fitossanitário, o órgão atua na fiscalização de qualquer insumo agrícola e produtos no comércio e na defesa agropecuária (pragas e doenças ). Quando demandada pela Superintendência do Mapa no Rio Grande do Sul,  também faz fiscalização de estabelecimentos produtores e comercializadores de bebidas. 

 Missão chinesa

Conforme o chefe da Utra santa-cruzense, auditor fiscal  federal agropecuário Alan Cristiano Erig, o novo órgão também dará continuidade ao recebimento da Missão Chinesa que faz a inspeção pré-embarque do tabaco a ser exportado para a China e ao acompanhamento da equipe técnica desta missão nas coletas de amostras nas indústrias e análise do produto na Central Analítica da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc). Esse trabalho vinha sendo realizado pela Uvagro desde 2007. 

Erig observa que os auditores fiscais da Utra ainda continuarão auxiliando na certificação fitossanitária da maçã  para exportação, realizada em Vacaria de fevereiro a julho. A mudança de órgão não significou  alteração da estrutura e nem aumento de pessoal.  A unidade conta, há um ano, com dois auditores fiscais federais agropecuários e uma auxiliar operacional em agropecuária. 

Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *