Granizo já atingiu quase 20 mil lavouras no Sul do Brasil

Santa Cruz do Sul/RS – Exatas 19.767 plantações de tabaco dos três estados do Sul do Brasil já foram atingidas pela queda de granizo na atual safra. O balanço foi divulgado nesta quinta-feira pela Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra). A expectativa é que até o fim da semana entrem cerca de 200 novas notificações, elevando para 20 mil lavouras o saldo do prejuízo.

Apesar de elevado, o número ainda é menor que o registrado no mesmo período do ciclo anterior. De acordo com a Afubra, até a primeira quinzena de dezembro de 2013 o total de lavouras atingidas chegava a 22,1 mil, número 11% maior. Nos três estados do Sul são 162 mil produtores de tabaco.

Segundo a Afubra, a região de Santa Cruz do Sul registra o maior número de lavouras atingidas pelo granizo, com pouco mais de 3 mil ocorrências. Já em termos de prejuízo, a região mais atingida até o momento é a de Rio do Sul (SC). Já foram contabilizados 2,2 mil registros, mas em muitos casos a perda foi total.

NESTA SEMANA

No início desta semana houve queda de granizo em pontos isolados da região fumageira do Sul do Brasil. Até o momento foram contabilizados cerca de mil registros, informa a Afubra. Na região de Santa Cruz foram 347 casos e, na região de Venâncio Aires, mais 218. No município paranaense de Rio Negro e arredores o total de ocorrências já se aproxima de 100.

O produtor Astor José Hermes, de Santa Cruz, está entre os prejudicados pelo granizo do início da semana. Ao jornal Gazeta do Sul ele contou que a chuva de pedras danificou cerca de 20% do tabaco que ainda está na lavoura. Linha Nova, Linha Pinheiral, Linha Saraiva e Linha Arroio do Tigre foram as localidades mais atingidas em Santa Cruz do Sul.

Agricultor de Santa Cruz avalia que perdeu 20% do tabaco que ainda está na lavoura (foto: Rodrigo Assmann/Gazeta do Sul)

Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *