EXPEDIÇÃO: RUMO A SANTA CATARINA

Venâncio Aires/RS – Após rodar 800 quilômetros e passar pelos três municípios que mais produzem tabaco no Brasil (Venâncio Aires, Canguçu e São Lourenço do Sul), nesta terça-feira a expedição passa por Candelária e o Centro-Serra. O objetivo é, no início da tarde, deixar o Vale do Rio Pardo em direção à região oeste de Santa Catarina. Veja algumas imagens dessa segunda-feira.

Começamos o dia em São Lourenço do Sul e encerramos em Venâncio Aires

Começamos o dia em São Lourenço do Sul e encerramos em Venâncio Aires

Arnildo Müller e o sistema de irrigação de tabaco (foto: Bruno Pedry)

Arnildo Müller e o sistema de irrigação de tabaco (foto: Bruno Pedry)

Água passa por uma pequena central antes de chegar na lavoura (foto: Bruno Pedry)

Água passa por uma pequena central antes de chegar na lavoura (foto: Bruno Pedry)

Gotejamento é acionado por cerca de meia hora por dia (foto: Bruno Pedry)

Gotejamento é acionado por cerca de meia hora por dia (foto: Bruno Pedry)

Elton Doerr, a esposa e o filho classificam o fumo produzido após o granizo (foto: Bruno Pedry)

Elton Doerr, a esposa e o filho classificam o fumo produzido após o granizo (foto: Bruno Pedry)

Roteiro de segunda-feira terminou em Venâncio Aires, o maior produtor de tabaco do Brasil (foto: Bruno Pedry)

Roteiro de segunda-feira terminou em Venâncio Aires, o maior produtor de tabaco do Brasil (foto: Bruno Pedry)

Igor Müller e Bruno Pedry
igor@editoragazeta.com.br
bruno.pedry@gazetadosul.com.br

Expedição_patrocínios

Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *