Coresta: evento mundial reúne cientistas do tabaco no Brasil em outubro

Santa  Cruz  do  Sul/RS – No mês de outubro Santa Cruz do Sul será sede  do  mais  importante  evento  científico sobre  tabaco.  Trata-se  do Agro-Phyto  Joint  Study Groups Meeting, Grupos de Estudo Conjuntos de  Agronomia e Fitopatologia, do Centro de Cooperação  para Estudos  Científicos em Tabaco (Coresta). A programação  deverá reunir cerca de 200 especialistas da área, como engenheiros agrônomos, fitopatologistas, geneticistas, pesquisadores, professores universitários e profissionais do setor – procedentes de países de todos os continentes.

Os trabalhos científicos abordarão experimentos sobre produção de sementes, mudas, fertilização, tratos culturais, cura e  armazenamento,  controle  de  pragas  e  doenças,  redução  e  substituição  de  agrotóxicos  e  produção  sustentável  do  tabaco.  Também  haverá  uma  tarde  de  campo  com  visitação  a  propriedades  rurais  para  observar  aspectos  como  produção das mudas, sistemas de plantio, colheita, cura, armazenagem e reflorestamento, além de temas relacionados à saúde e segurança do produtor.

Conforme Huub Vizée, presidente do Coresta, a entidade com sede na França está representada em mais de 50 países e, por isso, são realizadas reuniões em diferentes locais do mundo. O Brasil já sediou edições do Agro-Phyto em 1987 e 2005. Neste ano, anteriormente ao Agro-Phyto, ocorreram duas reuniões temáticas. Em fevereiro, durante três dias, representantes de dez países debateram pesquisa e desenvolvimento. E em maio, cerca de 80 pesquisadores de 14 países tiveram dois dias de debate sobre estudos em colaboração para o controle de pragas e sanidade do tabaco armazenado.

Saiba mais: Coresta é uma associação fundada em 1956 para promover a cooperação em pesquisa científica relativa ao tabaco e seus derivados. A entidade possui grupos de estudo nas áreas de Agronomia e Fitopatologia (Agro-Phyto) e de cigarro e tecnologia (Smoke-Techno). Neste ano, o Agro-Phyto será no Brasil e o Smoke-Techno, na Áustria. Fonte: SindiTabaco News

Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *