Comercialização da safra é acompanhada por entidades

Santa Cruz do Sul/RS – A comercialização da safra 2014/15 de tabaco no Sul do Brasil foi acompanhada nessa quarta-feira (25) em empresas no Vale do Rio Pardo por entidades dos produtores. A comitiva, integrada por representantes da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do Sul (Fetag/RS) e Federação da Agricultura no Estado (Farsul), esteve observando as compras nas indústrias Souza Cruz, Philip Morris, JTI e CTA.

As visitas, que acontecem a cada safra, verificam o andamento da comercialização e oportunizam conversas com os produtores e compradores para identificar as situações e divergências existentes. Nesta ocasião, foi constatado “um acentuado rigor das empresas na classificação do produto no momento da compra”, disseram integrantes da comitiva.

Após a visita, os dirigentes ratificaram aos produtores a observância de cuidados em pontos como: classificação rigorosa, considerando a tolerância máxima de mistura em 10%, conforme a portaria oficial; umidade controlada, pois ocorre medição e desconto se for maior do que o tolerado pela portaria; evitar impurezas e materiais estranhos; esclarecer dúvidas com acompanhamento da entrega.

Além das entidades que participaram desta visita, a mobilização em torno do assunto tem ainda a participação das federações catarinenses e paranaenses (Fetaesc, Faesc, Fetaep e Faep) e buscam também a adesão de todos as fumageiras ao reajuste de 6,4% já acordado com algumas empresas.

Com informações do Departamento de Comunicação da Afubra
Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *