Coleta de embalagens percorre a região dos vales

O Programa de Recebimento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos percorre desde a última segunda-feira as regiões dos vales do Rio Pardo e Taquari para coleta de embalagens vazias. Até o dia 29 de janeiro de 2020, produtores de 19 municípios gaúchos poderão destinar corretamente os recipientes, utilizados no cultivo do tabaco e também em outras culturas. Os agricultores são orientados a fazer a tríplice lavagem para que as embalagens possam ser destinadas à reciclagem específica.

A ação do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (Sinditabaco), com a parceria da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), contribui para a preservação do meio ambiente e da saúde e segurança do produtor e sua família. “Depois da coleta, as embalagens são encaminhadas para centrais de recebimento credenciadas pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev), onde passam por triagem e separação”, explica o coordenador do programa, Carlos Sehn.

O Inpev estima que 93% das embalagens são recicladas; os outros 7% são incinerados. Segundo Sehn, o programa atende exclusivamente os produtores de tabaco, mas, como são agricultores diversificados, eles têm a oportunidade de entregar também os recipientes de agrotóxicos usados em outras culturas.

Roteiro

– Dia 25 (Rio Pardo): Albardão, Passo da Cavalhada, Cruz Alta, Lima Brandão, Passo da Taquara e Passo da Areia.
– Dia 26 (Rio Pardo): Rincão Del Rey, João Maura, Capão da Coalhada, João Rodrigues e Max Brum.
– Dias 27 e 28: interior de Passo do Sobrado.
– Dia 28: interior de Vale Verde.
– Dia 2: interior de General Câmara.
– Dias 2 a 9: interior de Venâncio Aires.
– Dia 10: Mato Leitão.
– Dias 11 a 15: interior de Vera Cruz.
– Dias 16 a 22: interior de Candelária.
– Dias 23/12 a 28/1: interior de Cerro Branco.

Obs: os locais dos pontos de coleta devem ser verificados com o programa.

Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *