Cigarro eletrônico volta à pauta no Rio de Janeiro

Por Romar Beling, Jornal Gazeta do Sul

Rio de Janeiro/RS – A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) promove na próxima terça-feira, dia 27, ao longo de todo o dia, no Rio de Janeiro, a segunda audiência pública para debater a possível liberação do comércio de cigarros eletrônicos. As atividades acontecerão entre 8 e 17 horas no auditório do Américas Barra Hotel e Eventos, na Barra da Tijuca, e devem contar com a participação de autoridades, lideranças e representantes dos setores da saúde e também do tabaco. Um primeiro encontro do gênero ocorreu no dia 8 de agosto, em Brasília, e a finalidade é analisar vantagens ou desvantagens da liberação dos dispositivos eletrônicos para fumar (DEFs), como são chamados.

Entre as questões que a Anvisa busca levantar, no debate com especialistas, estão quais os impactos do uso e/ou da exposição ao vapor dos DEFs, qual o meio de absorção da nicotina disponibilizada pelos cigarros eletrônicos e qual o efeito de longo prazo na saúde decorrente das substâncias presentes no vapor líquido. Outro ponto é avaliar o que acontecerá com a prevalência e a incidência de fumantes, em níveis nacional e mundial, com a inserção de mais uma opção de consumo de nicotina no mercado.

As audiências públicas constituem uma das etapas no processo de levantamento de informações da Anvisa para, mais adiante, definir-se pela pertinência ou não de regulamentar e liberar o comércio dos novos produtos de tabaco no País. A Gazeta estará presente ao evento na terça-feira, com informações atualizadas ao longo do dia para a Rádio Gazeta FM 107.9 e o Portal Gaz, bem como a cobertura geral na Gazeta do Sul.

Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *