Beto Faria, prefeito de Canoinhas, comandará a Amprotabaco

Santa Cruz do Sul/RS – A Associação dos Municípios Produtores de Tabaco (Amprotabaco) tem nova diretoria. O prefeito de Canoinhas (SC), Luiz Alberto Rincoski Faria, colocou o nome à disposição dos colegas e foi aclamado presidente nessa sexta-feira. A composição dos demais postos da diretoria, que permanecerá por um ano à frente da entidade, também foi confirmada por aclamação. A posse ocorrerá em 24 de fevereiro, no município catarinense.

Beto Faria, como é conhecido o novo presidente, substituirá o prefeito Marcelo Hauagge Distéfano, de São João do Triunfo (PR). Distéfano não participou da eleição de diretoria no Hotel Águas Claras, em Santa Cruz do Sul, devido a problemas de intempéries em seu município. Depois de ser aclamado líder da Amprotabaco, Beto Faria fez um diagnóstico do que ainda está por vir. “A associação é um elo para defesa de toda a cadeia produtiva. Os desafios para o ano que vem são muitos, como a possível queda na produtividade do tabaco e também a preparação para a COP 7, em que estaremos presentes para defender os interesses dos produtores”, assegurou.

Inicialmente prevista apenas para 2017, a 7ª Conferência das Partes (COP 7) da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (CQCT) deve acontecer em novembro do ano que vem, na Índia. Conforme Beto Faria, a demanda externa pelo tabaco continua em alta – cerca de 85% do fumo produzido no Brasil é exportado. “Se em algum lugar se produz tabaco, que seja aqui, onde temos capacitação técnica, preservamos o meio ambiente e trabalhamos pela sucessão rural”, ressaltou.

Beto Faria é o novo presidente da Amprotabaco

Beto Faria assume a Amprotabaco em fevereiro de 2016

Idealizador da entidade e primeiro presidente, o prefeito de Santa Cruz do Sul, Telmo Kirst, falou sobre a importância da articulação dos prefeitos na Amprotabaco. “Eu sempre disse que nossa bandeira não tem cor partidária, mas representa a defesa da cadeia produtiva do tabaco. Passamos a ter mais voz para auxiliar o setor e conseguimos participação em reuniões antes vedadas (como as reuniões na Comissão Nacional para Implementação da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco). A voz dos prefeitos está presente”, observou.

O prefeito de Venâncio Aires e presidente da Câmara Setorial do Tabaco, Airton Artus, salientou que a entidade “surgiu como um bloco único, um processo coletivo, de consenso”. Vice-presidente pelo RS por dois anos e eleito para o terceiro, o prefeito de Dom Feliciano, Dalvi Soares de Freitas, afirmou que, apesar das dificuldades das prefeituras neste ano, a Amprotabaco conseguiu participar de reuniões e expor as perdas causadas pelo contrabando de cigarros.

Criada no final de 2013, a Amprotabaco conta com 116 municípios credenciados – inicialmente eram 36, mas o número se multiplicou após um jantar entre políticos no período de realização da Marcha dos Prefeitos, que ocorreu no primeiro semestre, em Brasília. O número oficial de associados é 42, dos quais 40 contribuem com anuidade. No próximo ano, a ideia é repetir a ação e conseguir mais associados. Outro objetivo é fazer algumas alterações, como estender a presidência por dois anos e incluir municípios da Bahia na entidade.

A NOVA DIREÇÃO DA AMPROTABACO

Presidente: Luiz Alberto Rincoski Faria (Canoinhas/SC)

Vice-presidentes: Dalvi Soares de Freitas (Dom Feliciano/RS); Juliano Pozzi Pereira (Irineópolis/SC); e Silvio Paulo Girardi (Rio Azul/PR)

Secretária: Rosane Petry (Vera Cruz/RS)

Vice-secretário: Clécio Halmenshlager (Vale do Sol/RS)

Tesoureiro: Mauro Schünke (Restinga Seca/RS)

Vice-tesoureiro: Dario Schicovski (Papanduva/SC)

Conselho Fiscal: Jarbas Cagliero (Barros Cassal/RS); Reges Antônio Scapin (Estrela Velha/RS); Roger Selski (Ipiranga/PR); Airton Artus (Venâncio Aires/RS); José Daniel Raupp Martins (São Lourenço do Sul/RS); e Fernando Schwanke (Rio Pardo/RS)

Conselho Consultivo: Telmo Kirst (Santa Cruz/RS) e Marcelo Hauagge Distéfano (São João do Triunfo/PR)

Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *