Associação de fumicultores completa 60 anos e o seu coral, duas décadas

Santa Cruz do Sul/RS – Os produtores brasileiros de tabaco, concentrados especialmente na Região Sul, têm entidade representativa há seis décadas. Em 21 de março de 1955, numa assembléia com 1.500 presenças realizada em Santa Cruz do Sul (RS), foi fundada a Associação dos Plantadores de Fumo em Folha do Rio Grande do Sul, que passou a atuar em 1963 nos três Estados do Sul com a denominação de Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra).

Hoje, com aproximadamente 120 mil associados, a Afubra é referência mundial no setor, com uma ampla estrutura de apoio aos produtores e forte inserção nas comunidades onde está presente, por diversos programas e ações. Surgida com o propósito de congregar os produtores para defesa de interesses comuns, colocou em prática já em 1956 um dos seus principais anseios, o seguro, que cobre danos em lavouras, reconstrução de estufas e funerais. É um sistema mutualista pioneiro e único no Brasil.

O atendimento aos interesses dos produtores ocorre de diversas formas, estando presentes sempre parcerias e a assistência à diversificação de atividades, para evitar a monocultura, como também já previa o estatuto na sua criação. Neste contexto, tem a subsidiária Agro­Comercial Afubra, que em 1994 sucedeu ao Departamento de Fomento Agropecuário, e oferece iniciativas como a Expoagro Afubra, desde 2001, junto ao Parque de Eventos e Centro de Pesquisa para o Desenvolvimento da Agricultura Familiar, que mantém em Rincão Del Rey, Rio Pardo (RS).

Coral e Coro Masculino da Afubra no encontro anual de 2014 (foto: divulgação)

Coral e Coro Masculino da Afubra no encontro anual de 2014 (foto: divulgação)

A Afubra mostra solidez e marca presença em pontos estratégicos do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, a partir de sua sede e matriz em Santa Cruz do Sul, com um total de 24 unidades de atendimento e mais de mil colaboradores. À frente da entidade, está, desde 2007, o presidente Benício Albano Werner, filho do fundador e primeiro presidente Harry Antonio Werner, tendo Romeu Schneider (que também preside a Agro­Comercial) como secretário e Laurindo Drescher, como tesoureiro.

Muitas atividades são desenvolvidas pela Afubra nas áreas social, ambiental e educacional, com projetos como o Verde é Vida, desde 1991, e no campo cultural se destaca apoio ao tradicional canto coral. Há 20 anos, em 17 de janeiro de 1995, foi fundado o Coral da Afubra, que é composto por 27 cantores e já integrou mais de 100 coralistas em 448 apresentações no Sul do Brasil. Tem desde o início o gerente de eventos Agostinho Wilges como presidente e Abilio Piovesan como regente. Já gravou dois cds e prepara para este ano comemorativo mais um cd com dvd, incluindo outro grupo formado em 2010, o Coro Masculino da Afubra.

Desta forma, além de manter e revigorar a cada dia o seu trabalho de representação e progresso dos que se dedicam a um segmento da maior importância socioeconômica, a entidade dos produtores de tabaco reforça cada vez mais a sua integração com a comunidade onde o cultivo do produto gera riqueza e desenvolvimento em todos os sentidos.

Sede e matriz da Afubra no Centro de Santa Cruz do Sul (RS)

Sede e matriz da Afubra no Centro de Santa Cruz do Sul (RS)

Benno Bernardo Kist
benno@editoragazeta.com.br
Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *