Anuário exalta a importância do tabaco brasileiro

Santa Cruz do Sul/RS – Dezenas de autoridades prestigiaram, nessa sexta-feira, o lançamento de uma das mais tradicionais publicações do agronegócio, o Anuário Brasileiro do Tabaco 2015, produzido pela Editora Gazeta. A cerimônia foi realizada no restaurante do Hotel Águas Claras Higienópolis. Clique aqui e veja a versão digital do anuário.

Em sua 18ª edição, a publicação contempla um extenso compêndio de dados, acompanhado de farto conteúdo fotográfico, sobre a realidade da fumicultura, exaltando a sua importância para a economia do País, tanto pelo que agrega em renda para milhares de pequenos agricultores quanto pelo que representa em termos de arrecadação para os municípios produtores. Ou, como definiu o diretor-presidente da Gazeta Grupo de Comunicações, André Luís Jungblut, “um panorama completo do setor que é vital para a socioeconomia e para a própria balança comercial do País”.

Jungblut afirmou que o lançamento do anuário, que ocorre sempre no mês de dezembro, constitui um “evento estratégico na agenda regional”, já que a cadeia produtiva do tabaco é o carro-chefe da economia do Vale do Rio Pardo. Em seu pronunciamento, lembrou que o Brasil vive um momento de instabilidade política e de retração na atividade econômica, o que exige um empenho dos setores já estabelecidos para manter níveis de qualidade e produtividade. “Poucos segmentos demonstram ser tão bem organizados e capazes de se ajustar às circunstâncias, internas e externas, quanto é o setor produtivo e industrial do tabaco”, ressaltou Jungblut.

Lembrou ainda que, além das oscilações econômicas, a indústria fumageira é obrigada a driblar a pressão das campanhas anti-tabagistas em esfera global. “A edição 2015 do Anuário do Tabaco permite concluir muito bem por que esse produto é um dos ‘cases’ de sucesso absoluto na realidade do agronegócio e, mais que isso, da realidade econômica nacional”, acrescentou.

André Jungblut: fumicultura vem oferecendo belos exemplos de inovação e comprometimento

André Jungblut: fumicultura vem oferecendo belos exemplos de inovação e comprometimento

Jungblut destacou também que, além do impacto no recolhimento de impostos e na geração de renda, a fumicultura vem oferecendo “belos exemplos de inovação e comprometimento” – e citou diversos projetos na área ambiental e os estímulos à diversificação produtiva. Outro ponto destacado foi a criação, este ano, do Instituto Crescer Legal, voltado à educação dos jovens do meio rural, o que denota a preocupação com a subsistência da produção agrícola. “Se o campo não produz, a cidade sequer sobrevive. E é certamente por terem consciência dessa importância que produtores de tabaco entrevistados pelo Anuário demonstram tamanho orgulho em atuar neste setor e em extraírem dele o seu sustento”, observou.

A concorrência desleal imposta pelo contrabando de cigarros, assunto que ocupa um dos capítulos do anuário, também foi destacada. Jungblut lembrou que, além da evasão fiscal, os produtos que ingressam de forma irregular no País não passam por qualquer controle de qualidade, o que representa um risco enorme aos consumidores. “Se os organismos criam tantas restrições ao produto legal, como pode o governo fazer vista grossa ao perigo representado pelo ilegal?”, questionou.

Além de representantes de entidades ligadas a todas as instâncias do setor fumageiro, o evento contou com a presença de dirigentes da indústria, líderes de municípios produtores e diversos segmentos da sociedade civil. Uma das entidades representadas foi a Associação dos Municípios Produtores de Tabaco (Amprotabaco): estavam presentes o ex-presidente Telmo Kirst, prefeito de Santa Cruz, o presidente eleito Luiz Alberto Faria, de Canoinhas (SC) e demais prefeitos integrantes da organização.

Lançamento reuniu autoridades e representantes do setor em Santa Cruz do Sul

Lançamento reuniu autoridades e representantes do setor em Santa Cruz do Sul

Pedro Garcia/Gazeta do Sul

Share

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *